Arrepios

Arrepios, suspiros, verdades…

Arquivo para o mês “setembro, 2012”

Tenho.

Tenho sonhado com paisagens quentes, outras dimensões e atmosferas, sorrisos dóceis e sinceros, folhas voando contra os cabelos, nuvens em formatos variados. Tenho pensado em passar reto pelo destino, saltar de ponta em um rio, fechar os olhos e flutuar. Tenho esperado a chuva ir embora, o frio amenizar, as roupas secarem, o ônibus passar. Tenho sentido saudade de casa, das minhas pessoas, de sentir alegria, de realmente ser ouvida, de me sentir amada. Tenho vivido no limite da loucura, ao mesmo tempo muito sã, talvez como nunca estive. Tenho sentado no meio de uma grande cama nas tardes de domingo e chorado, e sorrido, e chorado, e sorrido. Tenho intercalado meus pensamentos em presente e futuro, sonho e realidade, e nem sempre consigo saber onde estou. Tenho lembrado de longas conversas que não existem mais, de abraços que não recebo mais. Tenho esperado as palavras saírem de mim. Tenho a sensação de que estou além do tempo, ao mesmo tempo em que perdi a noção do tempo, e quero apenas voltar no tempo. Tenho visto o tempo passar, os dias correndo, as manhãs quentes dão ao lugar a um frio abrupto e o dia termina com o corpo envolto à névoa. Tenho medo. Tenho muito medo. Tenho mais medo do que eu jamais tive. Tenho, também, meus sonhos, e deles não abro mão. Tenho amor. Tenho, ainda, apesar de tudo o que não consigo mais dizer, muito amor dentro de mim. Tenho.

 

Navegação de Posts